férias no condomínio

Férias no condomínio e a utilização das áreas comuns 

Final do ano está chegando e, com ele, chegam as super esperadas férias escolares. Apesar da alta expectativa das crianças, tempo livre para as crianças pode resultar em dores de cabeça para os pais e preocupação para os síndicos. Férias no condomínio é um alerta vermelho, mas não precisa ser um período difícil, se houver planejamento.

Em condomínios que não se prepararam, esse momento pode gerar desconforto. Para os pais, o desafio é manter a rotina de trabalho enquanto as crianças estão com o tempo livre e energia de sobra. Para o síndico e moradores, o barulho de crianças que brincam livremente, disputam áreas comuns e elevam o barulho, é o grande problema.

Férias no condomínio: Como tonar esse momento harmônico para todos? 

Tanto nas férias de final de ano como nas de Julho, o condomínio deve divulgar as regras de utilização dos equipamentos comunitários: sala de jogos, piscina, dentre outros. O síndico pode divulgar no mural das unidades as regras referentes do período. Dessa forma, ficará claro para todos como o compartilhamento de espaços deve acontecer, levando em conta a individualidade dos moradores.

Pontos importantes a serem pontuados nessas regras são os horários de utilização de cada espaço, se está liberado apenas para os moradores ou se há permissão especial para visitantes, e também quanto a necessidade de reserva de determinadas áreas.

Conversamos com a empresária Natália Amante, proprietária da Hora do Agito, empresa de entretenimento infantil e que também atua em condomínios, para obter algumas dicas. Além das atividades extracurriculares realizados pela empresa durante o ano letivo e festas em datas comemorativas, existe também o serviço prestado em período de férias no condomínio.

Dentre as atividades que a empresa presta, as mais comuns para essa época do ano são a visita do Papai Noel e a Colônia de Férias.

Como funciona a Colônia de Férias no Condomínio? 

O serviço pode ser contratado nos meses de Julho, Dezembro e Janeiro, onde uma programação é realizada de acordo com a faixa etária dos inscritos e a estrutura do condomínio.

“Os valores variam muito com a quantidade de pessoas que serão atendidas e com a quantidade de estrutura que será necessária levar ao condomínio. Por exemplo: condomínios que não possuem piscina, às vezes optam por contratar o toboágua para suprir esta demanda. Este brinquedo exige uma operação maior, o que influencia a formação do preço.  Normalmente as colônias de férias variam de R$ 300,00 às R$ 350,00 a semana, com período de 4h diárias.

Esse tipo de prestação de serviço é muito interessante pois otimiza a estrutura oferecida pelo condomínio que, durante a semana, pode ser subutilizada pelos condôminos por falta de tempo. Além disso, ter o conforto de saber que seu(sua) filho(a) está próximo a sua casa, dentro de um ambiente seguro, muita das vezes monitorado, também traz uma segurança aos pais, uma vez que não tem a preocupação de como levar e buscar para lugares externos.

Outra questão é a interação entre vizinhos que muita das vezes pode diminuir as situações de desentendimento entre unidades, uma vez que  um conhece o lado e a realidade do outro.  A socialização entre as pessoas aumenta com a participação desses eventos e isso é muito benéfico para o convívio em sociedade dentro do condomínio.” – relata a empresária.

Para tornar as férias no condomínio mais tranquila, sugerimos aos síndicos que divulguem dicas a fim de evitar desconfortos, tais como:

  • Não deixar crianças brincando sem a supervisão de um adulto;
  • Alerta quanto ao barulho no playground, biblioteca infantil ou demais espaços;
  • Organização para as brincadeiras coletivas;
  • Lembrete quanto a atuação dos funcionários do condomínio que já tem suas atribuições e não podem tomar conta da criançada.

Em caso de descumprimento das regras, vale o alerta ao responsável pela criança quanto a possibilidade de multa estabelecida, além do transtorno gerado por prejudicar os momentos de lazer, de diversão e de boa convivência.

Boas férias!

União Social Administração de Condomínios

Leave A Response

* Denotes Required Field